CPIJ convida para o VII Jantar Solidário

Convidamos todos para o VII Jantar Solidário. Este ano a temática é a culinária Armênia. O jantar beneficente vai contemplar as atividades do CPIJ e do CIJ Monteiro Lobato. Hora de mostrar que o tempero mais saboroso é a solidariedade.

O quê? VII Jantar Solidário

Quando? 17 de abril

Que hora? A partir das 20h

Onde? No Salão da Igreja Santo Antônio | Pão dos Pobres | Rua República, 80 | Cidade Baixa.

Tem estacionamento? Sim! Fundação Pão dos Pobres ? Rua República, 80.  

Como comprar convites? Os convites individuais custam RS 50 e podem ser adquiridos pelos telefones 51 9 997-13270 (Edson) ou 9 8137-3792 (Prof. Francisco Rossal)

Mais sobre o Jantar

Há 7 anos, Francisco Rossal de Araújo, Desembargador do TRT-4 (Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, Rio Grande do Sul) e Professor titular da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), promove o Jantar Solidário junto a um grupo de voluntários, dentre os quais estão estudantes de Direito da UFRGS. A iniciativa beneficia as instituições sociais CPIJ (Centro de Promoção da Infância e Juventude) e Centro Infantojuvenil Monteiro Lobato do bairro Restinga (Porto Alegre). A proposta nasceu em 2014 nos corredores da UFRGS.

Os alunos da faculdade de Direito Adelmo e Dolores foram os responsáveis por propor ao professor que pensassem em um projeto de arrecadação de recursos para as duas instituições que atendem crianças e adolescentes no turno inverso ao da escola. Francisco Rossal então teve a ideia do Jantar Solidário. ?Vamos organizar um jantar. Eu penso um cardápio e o preparo. Vocês cuidam do restante. Tudo o que for arrecadado, será dividido igualmente entre CPIJ e Monteiro?, afirmou empolgado o professor.

O sentimento de solidariedade tem motivado o grupo de voluntários, que cresce a cada edição e graças aos esforços de patrocinadores e anônimos. O Jantar Solidário tem ajudado de modo significativo as instituições, possibilitando reparos e ampliações estruturais, aquisição de equipamentos e materiais indispensáveis para o bom atendimento a mais de mil crianças, adolescentes, jovens e adultos, todos moradores do bairro Restinga e arredores.

Fonte: organização do Jantar Solidário