Diretor-geral do Calábria completa 08 anos de atividade e assume novos desafios

O diretor-geral do Calábria e CPIJ Pe. João Pilotti completa 8 anos frente às atividades e acumula contribuições importantes. O religioso deixa marcas de progresso e evolução nas Casas calabrianas por onde passou e em 2020 foi convidado para assumir novos desafios em Marituba / PA.

Em 1984, Pe. Pilotti foi enviado para o COV Nazareth, em Verona, onde estudou e atuou no serviço de animação vocacional. De 1988 a 1991 foi coordenador na Casa Oasi San Giacomo, também em Verona.

"Conviver com Pe. João foi uma experiência diferenciada. Crescemos tecnicamente como equipe e abstraímos elementos carismáticos da Obra" ? colaborador Luiz Soares, do setor de mobilização de recursos, onde Pe. João também foi coordenador.

Retornou ao Brasil em 1991, para atuar na formação, no COV Mãe de Deus, em Feira de Santana, na Paróquia N. Sra. Das Graças, ficando na Bahia até 1999, quando foi chamado a retornar a capital do RS, para trabalhar junto ao Abrigo João Paulo II, onde ficou em 1999 e 2000.

Em 2001, voltou em missão ao regional N/NE, desta vez em São Luís/MA, onde atuou na Paróquia São João Calábria até 2006. Do Maranhã foi para o Pará, cidade de Marituba, onde atuou nas obras sociais do CESM, de 2007 até 2011.

Pe. João retornou à Porto Alegre em 2012, quando assumiu a direção-geral do Calábria e, posteriormente, também do CPIJ. Além de participação nos diversos conselhos de direito e colaboração com diversas atividades da Delegação Pobres Servos.