Culinária e trabalho em equipe no projeto Educação Integral

Experiência, diversão e cooperação pautaram as atividades da turma Gratidão do projeto Educação Integral na oficina de culinária neste mês. Os educandos sob orientação do educador Ruben e seus educandos do curso de padaria realizaram a confecção de biscoitos natalinos.

Uma belíssima receita desta época do ano. O objetivo da atividade foi de aproximação dos educandos, fortalecimento de vínculos, exercitar a concentração e estimular sentidos (olfato, visão e tato). Realizar este tipo de atividade remete a aromas característicos do Natal. As Fragrâncias desta época são muito peculiares, o aroma dos biscoitos preenche o ambiente com belas sensações.

A preparação dos biscoitos natalinos necessitou de alguns passos anteriores para que os educandos pudessem executá-lo com responsabilidade.  A higienização das mãos é indispensável para a preparação de qualquer alimento. Além da organização, pois todos precisaram estar atentos com suas duplas para que não houvesse desentendimentos.

Paciência:  a culinária é uma ciência que requer muita paciência, pois o processo, embora seja simples, precisa que sejam observados alguns aspectos, tempo de mistura da massa até que o açúcar incorpore na manteiga de forma homogênea.

Os educandos no decorrer do mês foram conhecendo as diferentes formas como o Natal é celebrado em diferentes locais do planeta. A receita do biscoito surgiu através de uma curiosidade, onde o educador mencionou que eram elaborados em conventos e mosteiros na Alemanha e logo foi se tornando tradição entre as famílias, que se reúnem para assar e enfeitar os biscoitos, bem como ornamentar os pinheirinhos e logo após a ceia.

Todos os educandos conseguiram participar da atividade, colocaram a mão na massa literalmente, auxiliam no cuidado com o tempo e para finalizar, degustaram os biscoitos e distribuíram entre os colaboradores da instituição. As crianças ficaram muito orgulhosas de suas criações e ansiosos para reproduzir a receita com suas famílias.