Educandos do CPIJ participam de oficina sobre fotografia

A voluntária publicitária Audrey trouxe ao CPIJ oficina sobre fotografia para educandos da instituição. A turma Igualdade do SCFV recebeu com muito carinho a visita. Foram abordados conceito de ângulo, iluminação e enquadramento.

Após conteúdo teórico desenvolvido em sala, os educandos partiram para a exploração do olhar fotográfico em pontos estratégicos do bairro. Realizaram fotos na Paróquia Nossa Senhora da Misericórdia e na Esplanada. Esta oficina fez parte do projeto do mês que a turma vem desenvolvendo intitulado "A história que não cabe em palavras". O projeto tem como objetivo trabalhar com a inteligência espacial-cultural através da fotografia e dos locais do bairro Restinga.

A tturma desenvolveu duas frentes de trabalho: a primeira, a criação conjunta de um panfleto com locais que os educandos elencaram como importantes e divididos em categorias (alimentação, comércio, locais para jogar futebol, espaços de diversão, etc.) como forma de apresentar os espaços bons da comunidade.

A segunda atividade enfocou o olhar artístico sobre o bairro através da fotografia, culminando na saída pedagógica. As fotografias registradas na saída foram utilizadas na produção de um cartão de natal e serão usadas para produzir um calendário da turma para 2020. A ideia fundamental por trás deste projeto é possibilitar a desnaturalização do olhar sob o território observando tudo o que tem de bom no bairro e construindo uma visão positiva sobre o local em que se vive.