Celebrando a vida de São João Calábria

8 DE OUTUBRO - DIA DO SEU NASCIMENTO

No dia 8 de outubro de 1873, nas periferias de Verona, nascia o pequeno João Orestes Maria Calábria, assim era seu nome de batismo. Nascido em uma família pobre, desde pequeno passou por inúmeras provações e dificuldades: fome, frio, doenças... Ainda adolescente sofre com a morte de seu pai e de outros irmãos mais novos, consequências da pobreza, da falta de uma alimentação digna, falta de acesso à meios de saúde, etc.

Entretanto, também desde jovem o pequeno João aprendeu de sua mãe a força da fé e da confiança na Divina Providência, o que lhe dava a certeza de que, apesar de tudo, Deus jamais o abandonara e sempre se manifestou como amor... o Deus Pai e Mãe Providente, como ele costumava destacar. Acontecimentos inesperados, pessoas que se solidarizavam e ajudavam... tudo era sinal da Providência de Deus para a família Calábria.

Essa certeza de que Deus ama e quer o bem de todos os seus filhos e filhas fez com que o pequeno João se tornasse grande, grandíssimo em amor e caridade, fazendo de sua vida uma doação total em favor dos que sofriam. Crianças, idosos, viúvas, meninos e meninas abandonados, doentes... os mais sofredores eram os mais amados pelo Padre Calábria, que justamente se tornou sacerdote para anunciar com sua vida e seu testemunho que Deus é Pai, é Mãe, é tudo para aqueles que necessitam. Sim, a vida do Padre Calábria foi uma prova viva de que Deus não nos abandona. As mãos do Padre Calábria eram as mãos de Deus acolhendo os meninos abandonados. Os pés do Padre Calábria eram os pés de Deus que iam ao encontro dos que estavam excluídos. O coração do Padre Calábria era o coração de Deus que se compadecia, se inclinava e amava a todo aquele que estava sem amor.

Hoje, 8 de outubro de 2019, fazem 146 anos do nascimento do pequeno João. Recordando o dia do seu nascimento, queremos agradecer a Deus pela sua vida e testemunho, pela Obra por ele iniciada e por todo o carisma transmitido à nós, o qual hoje mais uma vez somos convidados, como membros da Obra Calabriana, à viver com sempre maior compromisso e alegria.

Recordando o nascimento daquele que se tornou São João Calábria, vale também lembrarmos do nascimento de cada um de nós, e individualmente nos perguntarmos sobre como estamos vivendo a nossa vida, como estamos aproveitando a graça do tempo que nos foi concedida. Cada um de nós é vocacionado à uma missão única e singular, o que caracteriza e dá sentido à nossa existência. Dom Bosco, que sempre foi uma grande inspiração e referência para Padre Calábria, em diversas vezes destacava esse pensamento: ?O que sou é presente de Deus para mim. No que me torno é meu presente para Ele!? Ora, e nós, que presente estamos nos tornando para Deus e para a humanidade? Como a nossa vida faz a diferença neste mundo tão sofrido?

Assim como foi belo o testemunho de vida do Padre Calábria, nós também somos convidados à deixar o nosso legado, a nossa marca positiva. Que São João Calábria nos inspire e nos ilumine com sabedoria e coragem para viver a nossa missão.

E viva São João Calábria! Bendito seja Deus pela sua vida e testemunho!

8 de outubro de 2019