CPIJ começa implantação sistema 5s de Qualidade

Com o objetivo de qualificar ainda mais a organização e qualidade nos seus espaços de atividade, o Centro de Promoção da Infância e da juventude está investindo na implantação do Sistema 5s de Qualidade. Na última semana, foi a vez do núcleo Francisco Cipriani receber o analista de qualidade do Calábria ítalo Rodrigues Sabino, que foi responsável por orientar a respeito da novidade no núcleo.


Jovens atendidos e colaboradores do núcleo realizaram a organização do espaço e participaram de atividades e momentos de formação para compreender como funciona a técnica. "A prática dos 5 sensos proporciona a melhoria da qualidade de vida pessoal e profissional. Para o desenvolvimento de nossa atividade, necessitamos fazer nossas tarefas de uma forma organizada e para isso adotamos esta ferramenta para mobilizar todos os envolvidos nesse processo".

Nas organizações, a metodologia dos 5s permite desenvolver uma melhoria contínua na destinação dos materiais. Esta metodologia melhora o clima organizacional, a produtividade e consequentemente a motivação dos envolvidos.

Eiton: Ensina que devemos ter somente o necessário e na quantidade necessária e sem improvisações.

Seiri: Tem como principal objetivo ter locais definidos para cada coisa, e sempre que possível os recursos devem estar identificados, para que possa ter um acesso seguro e rápido.

Seiso: Preza pela limpeza dos ambientes e instalações, e ambientes limpos facilitam a detecção de anormalidades.

Seiketsu: Também chamado de senso de higiene, saúde que tem uma ligação direta com a segurança;

Shitsuke: Autodisciplina. Este senso não se limita apenas aos 4 primeiros sensos, mas também que as normas de segurança e padrões da empresa devem ser criteriosamente cumpridos.