CPIJ recebe oficina de arte marcial Shorinji Kempo

No último sábado de abril, os atletas da equipe de karatê do Centro de Promoção da Infância e da Juventude (CPIJ) receberam oficina especial da arte marcial japonesa conhecida como Shorinji Kempo. O Sensei Thiago, da Branch  Ipanema, e Evandro Schuster, Branch  Farroupilha, realizaram treino especial para fomentar partilha de conhecimentos e criar vínculo com o karatê do CPIJ. Branch é o nome que se dá a equipes da prática Shorinji Kempo.

 

O faixa preta e técnico da delegação do CPIJ, Charles De Moura Milczarek, enfatiza que a atividade foi um momento de confraternização. Mais de dez jovens dos projetos sociais do CPIJ participaram da atividade.

O Karatê na Restinga

As oficinas de Karatê começaram em agosto de 2003 no Centro de Promoção da Infância e da juventude (CPIJ). Ao final daquele ano, 86 educandos participaram do primeiro exame de faixa da instituição, quando os beneficiários obtiveram a faixa amarela.

Dentre esses 86 alunos pioneiros, estavam Gislaina Capeletti, Amanda Marques Durant, Sabrina Bacedo e Leonardo Silveira. Hoje, Todos são professores de karatê.  Gislaina, atualmente, inclusive, é coordenadora de projetos sociais no CPIJ. O impacto social do esporte na vida da comunidade transcende o karatê e abre portas para diversas outras atividades profissionais e projetos de vida.

Veja também: equipe de karatê do CPIJ participa de competição em Gravataí